quinta-feira, 25 de junho de 2009

85 - CUMPLICIDADES 3


CUMPLICIDADES

O SENHOR AGENTE TECNICO DE ENGENHARIA JOSÉ S. PINTO DE SOUSA, ALÉM DE QUERER SER ENGENHEIRO, TAMBÉM QUER AGORA ENGOLIR A TELEVISÃO DA MANELA DA BOCA GRANDE, À PÁLA DE UMA "GOLDEN-SHARE"



video

CLIQUE EM CIMA

(o nome do Presidente da Portugal Telecom terminado em "eiro" que eu não me lembrava era o do Dr. Granadeiro.

AFINAL DE CONTAS VENDO BEM AS COISAS TAMBÉM "ARRANHO" UM POUCO A POESIA PARA ALÉM DA PROSA. TENHO UM CADERNINHO ONDE FUI ESCREVENDO AO LONGO DA VIDA ALGUNS POEMAS CUJA QUALIDADE DESCONHEÇO PORQUE NUNCA OS DEI A LER A TERCEIROS.

HÁ AQUELE POEMA ACERCA DO AMOR QUE JÁ FOI PUBLICADO DUAS VEZES AQUI NO BLOG, QUE FOI ESCRITO POR MIM EM PARCERIA COM A LUCY E HÁ O POEMA A SEGUIR PUBLICADO, ESCRITO POR MIM, QUE FOI E É A "DECLARAÇÃO DOS DIREITOS DOS DESFAVORECIDOS" PUBLICADA NO INICIO DO MEU LIVRO "GERAÇÃO À RASCA".

DECLARAÇÃO

Aos Senhores do Poder

humanamente declaro,

deixai meus filhos viver !

*

É por eles que vos rogo.

Que se acabem as guerras

e que a Paz venha logo.

*

Que nesta e noutras terras

os homens dêem as mãos.

Nas cidades e nas serras.

*

Aos Senhores do Poder

humanamente declaro.

Deixai o Povo comer !

*

É por ele que intervenho.

Para que todos possam ter

o mesmo que eu tenho.

*

Que nesta e noutras terras

acabem as injustiças.

Nas cidades e nas serras.

*

Aos Senhores do Poder

humanamente declaro.

Deixai o verde sobreviver !

*

É por ele que intercedo.

Que as flores e as árvores

possam renascer sem medo.

*

Que nesta e noutras terras

acabe a poluição.

Nas cidades e nas serras.

*

Aos Senhores do Poder

humanamente declaro.

Deixai a vida florescer !

*

É por ela que solicito.

Para que a juventude

da droga não faça mito.

*

Que nesta e noutras terras

acabem as "viagens".

Nas cidades e nas serras.

*

Aos Senhores do Poder

humanamente imploro.

Não deixai o AMOR morrer !

Pois ele é a razão de ser

desta DECLARAÇÃO...

(in Carlos Paço d'Arcos )

***

***

RESPOSTA DE CUMPLICIDADE

"TALVEZ UM DIA... TALVEZ UM DIA O MEU CORAÇÃO DEIXE DE SANGRAR... UM ESTRANHO NA MINHA MEMÓRIA VAIS CONTINUAR A SER..." ...QUANDO O SOFRIMENTO É GRANDE DEIXA UM TRAUMA NO INCONSCIENTE QUE DÓI ATÉ O CORAÇÃO PARTIR... A MEMÓRIA NÃO VAI NUNCA PERMITIR QUE O SOFRIMENTO SE APAGUE... O CAMINHO DA CULPA SÓ LEVA AO PASSADO...HÁ APENAS UMA ÚNICA PALAVRA QUE TE PODE LIBERTAR E ELA NUNCA FOI PRONUNCIADA NO TEU POEMA : "P E R D Ã O"

***

Anónimo disse...
O estranho que vive na minha memória*

talvez um dia...

talvez um dia eu possa te olhar,como um dia olhei,

talvez um dia eu esqueça o sofrimento que sofri,

talvez um dia os meus lábios consigam falar,

as palavras que não foram ditas,

talvez um dia o meu coração deixe de sangrar.

Sei que um dia...

te vou olhar,

sei que te vou falar,

sei que vou sofrer e o meu coração não vai parar de sangrar,

um estranho na minha memória vais continuar a ser.

Este poema foi escrito pela 1º vez aqui e agora,é dedicado a alguém que já fez parte da minha vida (o meu pai).
24 de Junho de 2009 23:12

**
Anónimo disse...
Depois de ler tudo isto, sinto-me ridicularizado com os meu poema vernaculizado. Sinto-me um nada depois de ver tanta qualidade poética. Eu gosto de desenhar e pintar. Há quem diga que tenho jeito. Vejo a pintura (ou desenho) como poemas, mas escritos de outra forma. Nunca tive formação no que toca a artes, porém tenho pesquisado muito (praticado menos) e acho que fui evoluindo. Sempre gostei de desenhar, desde de sempre.O pensamento destrói-nos como se fosse uma bebida alcoólica que consumimos com frequência. Corroendo o espírito, deixa-nos exaustos e insignificantes, providos do poder que temos de decidir, se queremos ou não pensar. Pensar em quê? Pensar naquilo que é “pensável”, pensar que o pensamento é o que nos deixa pensativos? Pensam que eu não penso!? PAz e SaudeCumpsSr.José das Prostitutas
25 de Junho de 2009 10:10
**
Anónimo disse...
Adorei ! A Poesia é sempre um meio de comunicação que nos transporta para outra dimensão... Ter na familia, por gerações, esse Dom é uma benção! agora, oh anónimo/poeta, tu também tens, não te sintas menos poeta por leres os poemas dos outros. Gostei muito de todos. Continuem a enviar-nos peças destas que serão sempre bem vindas, sejam do CPA sejam dos seguidores do blogue.an. por opção
25 de Junho de 2009 11:42





1 comentário:

  1. oi carlos fala o jose do seixal! este axunto sobre a p.t e a tvi é mais uma manobra do estado de controlar mais a telecomunicaçao e esta-se mesmo a ver que o eduardo moniz vai para a presidencia do benfica, ja tinha pensado nixo há mt tempo! carlos, quando ligo a televisao até ja me mete nojo, este país é so ladroes, comedores, gatunos. . . só querem é taxos!!! tudo o k mete dinheiro . . . os bancos entao sao os maiores ladroes!!! mestre ja tens o meu contacto e adorava um dia te apertar a mao, fico há espera de uma msg tua! OBRIGADO!

    ResponderEliminar